planejamento de investimentos

Os 10 passos básicos para um planejamento de investimentos campeão para 2022

Começamos mais um mês de dezembro e para quem ainda não iniciou, chegou o momento de realizar o planejamento de investimentos de 2022, mas o que é importante considerar neste momento e o que fazer para buscar obter os melhores resultados para suas finanças em 2022?

Se você ainda não havia pensado sobre isso, não se preocupe, porque a ideia deste artigo é justamente apontar os principais passos a serem considerados na hora de realizar o planejamento de investimentos de 2022.

A primeira coisa que gostaria de abordar é responder à pergunta: Porque Planejar?

E embora óbvia essa resposta, muitas pessoas ainda erram neste ponto. Afinal, se eu não sei onde quero chegar é difícil traçar qualquer caminho para chegar até lá!

É como diz a célebre citação do gato invisível da Alice no País das Maravilhas quando perguntado para onde ela deveria ir e respondido por ela “Não sei”:

“Então qualquer caminho serve” foi a resposta do sábio gato.

Isso serve para nós também. Portanto, comece sempre definindo seus objetivos e os tornando bem claros. De preferência utilizando o conceito SMART (ou MARTE) de definição de metas. 

Quando você enxerga o quanto de dinheiro vai precisar para cada objetivo traçado, você consegue definir o que precisa fazer para conseguir os recursos. Simples, mas eficaz.

A partir daí o importante é acompanhar e monitorar o progresso durante o ano. Assim, você vai para poder enxergar se está conseguindo ou não aquilo que deseja e se precisa de algum ajuste de rota.

Uma vez tendo essas premissas, vamos aos passos que devemos tomar para nosso planejamento de investimentos de 2022.

Passo 1

Como está a sua reserva financeira? 

Está completa, ou seja, dispõe de todo o valor de gastos mensais pelo número de meses adequados à sua empregabilidade ou sua situação como empreendedor(a)? 

Se você ainda não tem nada de reserva ou precisa completá-la em função de um uso recente, essa recomposição é sua prioridade número um para evitar possíveis dores de cabeça ao longo do ano.

Passo 2 

Qual é o seu custo de vida atual? Ele está adequado a este momento que está vivendo?

Aqui vale lembrar que a inflação do inicio de 2021 para cá já aumentou 8,24% (valores até o final de outubro) e 10,67% nos últimos 12 meses. 

Se sua renda mudou em função de alguma questão é preciso adaptar seu custo de vida para algo mais simples com o objetivo de poder manter sua saúde financeira em dia e seu planejamento de investimentos nos trilhos. 

Passo 3

Quais serão seus objetivos que precisarão de recursos em 2022?

Aqui é que entra o que falamos no inicio do artigo, sobre a importância de objetivos bem definidos. 

Você deseja viajar, trocar o carro, reformar sua casa, começar uma pós graduação? Quanto precisa para cada um deles? 

Com o passo 2 e 3 bem definidos é hora de montar seu orçamento inteligente.

Passo 4

Agora o orçamento 2022 deve ser definido

Porque quando você sabe suas receitas e despesas, você também sabe sua capacidade de poupança mensal e automaticamente os valores de aporte em investimentos que poderá realizar.

Não se esqueça também de provisionar as maiores contas do inicio do ano, tais como, IPTU, IPVA, material escolar e aquelas necessárias para o restante dos meses.

Passo 5

Como está a sua reserva de oportunidade?

Se surgir um bom negócio ou uma possibilidade de mudança de carreira você tem recursos? Para se desenvolver um planejamento de investimentos com objetivo de construção de patrimônio é essencial dispor de uma reserva de oportunidade.

Não confunda essa reserva com a reserva financeira, os objetivos de cada uma delas são bem diferentes e o dinheiro existente em cada uma delas também deve ser. 

Se as ações da bolsa ou fundos imobiliários estiverem baratos ou mesmo alguma oportunidade de comprar algo barato para ter uma taxa de retorno mais alta (ex. imóvel para investimento, carro abaixo do valor de mercado, um leilão imperdível) você tem esse recurso em uma reserva que te permita aproveitar essa oportunidade sem impactar no seu padrão de vida?

Reflita sobre isso.

Passo 6

Qual é o seu plano de investimentos?

Qual a liquidez que você precisa? Quais os riscos você está disposto a assumir para ter novas oportunidades de ganho? 

Se você sabe o que quer e para quando quer se torna possível entender a liquidez que precisa e da mesma forma os ativos mais indicados para cada objetivo pretendido. 

Como fica a renda fixa versus a variável neste momento? A perspectiva de inflação para o ano que vem ainda é alta e por isso a taxa de juros deve continuar trazendo boas oportunidades dentro da renda fixa. Por isso, sabendo seu perfil de investimento e os riscos que se dispõe a correr, é possível achar bons ativos, desde que saiba como procurar ou conte com a ajuda de uma boa assessoria para tal.

Passo 7

Como está sua estrutura de proteção

Que seguros você já tem contratado? Quais precisa contratar? (ex: carro, casa, vida, profissional) 

Seus riscos aumentaram devido a pandemia ou não mudaram?

O Brasil ainda não tem uma tradição consolidada de utilizar seguros  para fazer gestão de seus próprios riscos e as pessoas ainda confiam naquela máxima de “Isso não vai acontecer comigo”. Cuidado com esses pensamentos e atitudes.

É importante contar com bons seguros para o caso de imprevistos que podem consumir uma boa parte ou até mesmo todo seu patrimônio para a recuperação do fato imprevisto.

Passo 8

Quanto de recurso você tem aportado para sua independência financeira?

É importante dedicar parte da sua capacidade de poupança, para sua aposentadoria. Quais produtos financeiros você tem utilizado? 

Sua carteira está condizente com a sua idade e os riscos proporcionais a ela? Como está a construção da sua renda passiva para utilizar no futuro? 

Planos de Previdência complementar, Fundos imobiliários, carteira de ações que geram bons dividendos, imóveis para locação e títulos públicos com cupons (para perfis mais conservadores) são alguns bons exemplos de ativos para compor uma renda passiva futura.

Se não começou a pensar nisto ainda, está na hora de começar! 

Passo 9

Como está seu planejamento tributário? 

Existem formas de pagar menos imposto, de forma legal? E os dados para o IRPF do ano que vem já estão organizados? Tem todas as informações centralizadas para facilitar a declaração? 

É importante analisar sua situação tributária buscando oportunidades de melhorar sua rentabilidade como por exemplo utilizar o beneficio de uma PGBL de deduzir até 12% da sua renda bruta no IR. Ou então utilizar dividendos, proventos de FIIs, LCIs/LCAs, CRIs/CRAs ou debentures incentivadas que são todos isentos de imposto de renda.

Mas para isso é importante entender sua situação e ver o que funciona ou não para você.

Importante também já deixar todos os dados necessários para a declaração de imposto de renda do ano que vem bem organizados para evitar a famosa correria para envio na ultima hora correndo o risco de ter que pagar multas por atraso.

Passo 10

Como está seu planejamento sucessório?

Ninguém gosta de pensar em morte e situações drásticas, mas e se acontecesse algo com você? Estaria tudo arranjado? 

Ou seus herdeiros não teriam condições imediatas de se sustentarem? 

Esta é uma questão importante a ser trabalhada e se não está definida, precisa ser realizada agora!

Garanta que seus ativos estejam descritos em algum lugar, para o caso de necessidade e de estarem organizados.  Ter alguém da família que tenha os documentos/senhas para poder continuar na sua ausência também é de vital importância.

Deixar recursos que não passem por inventário, garantindo o sustento imediato da família, caso você seja o único(a) provedor(a) dos herdeiros(as) é igualmente importante, procure se informar sobre isso.

Conclusão

Embora o tema seja o planejamento de investimentos de 2022, esses passos básicos servem para qualquer ano e o mais importante é você criar a disciplina de realizar essa analise todo final de ano e assim se preparar para ter sucesso e tranquilidade no ano seguinte.

Espero que estas palavras tenham te ajudado a refletir sobre como melhorar sua vida e daqueles que você ama. 

Se quiser saber um pouco mais sobre planejamento financeiro não deixe de ler este meu outro artigo

E se você acha que esse artigo pode ajudar outras pessoas que conhece, ajude compartilhando o mesmo. 

Muito sucesso em 2022 e até breve!

Com educação financeira se vai mais longe!

Gostou deste artigo? Compartilhe ele agora:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar o chat
Precisa de alguma ajuda?
Olá, tudo bem? ????

O que você procura? Posso te ajudar?

Aqui na Inspiratori, realizamos consultorias de finanças pessoais, planejamento financeiro e ministramos cursos e palestras também.

Estamos a disposição para o que precisar.